sábado, 28 de junho de 2008

Sentando com o inimigo!!

Um morador de Newburgh (Nova York, EUA) escolheu um esconderijo nada comum para surpreender sua vítima.
Ele invadiu a casa de uma mulher, abriu um buraco no sofá da sala e se escondeu dentro do móvel.

Segundo a polícia, a vítima chegou em casa à noite e sentou no sofá. Ela começou a sentir movimentos estranhos, como se o móvel estivesse vivo, e deu um salto, assustada. De um buraco saiu David Joe Limones, derrubando o telefone celular da mão da mulher.

A vítima já havia registrado queixa contra Limones e estava no telefone com um amigo, preocupada com a possível presença do "perseguidor" em sua casa.

Limones, de 27 anos, enfrenta acusações de arrombamento, entre outras. Ele é mantido preso sob fiança de US$ 20 mil.

Agora me digam:Se a moda pega,hein?

Nem me falem!...Acho , que como o cara daquela piada,eu vou vender meu sofá...

16 comentários:

Lucia Cintra Stevenson disse...

A gente escuta cada estoria, essas pessoas sao loucas mesmo. Meu pai fica falando que eu sou paranoica, que aqui onde nao moramos nao tem perigo ou violencia, etc... mas eu sempre tomo cuidado. E comparando com o Rio - onde moravamos, nao tem mesmo, mas mesmo assim, eu e meu marido temos duas armas registradas em casa (a gente sabe atirar) e um sistema de alarme. Exagero? Pode ate ser, principalmente por essas bandas aqui, mas pra quem cresceu no Rio de Janeiro, prefiro me prevenir do que remediar. E vivo brigando com minhas irmas pra trancarem a bendida porta da casa delas (pois de vez em quando elas so a fecham sem trancar). bjos

~ мillє disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
~ мillє disse...

Rapaz! Agora me assustei!
Nem sentados no sofá, assistindo
tranquilamente a tv estamos
seguros hoje em dia!
É cada doido que aparece! hehe

o//

Rui Carlo disse...

Solução, usar cadeiras...
Esses nóicos não têm a mínima ideia de como conquistar alguem!!?
Violencia espanta?
Eu ainda prefiro esconder-me bem guardadinho num edredon com uma pessoa querida
Bjs Mari, obrigado por alertar-me que eu tava distante... Desculpe-me...
Beijos nos 3...

Vênus disse...

Nossa....que meeeeda!!

Ainda bem que esse está bem longe!
Aqui no Rio eles atacam logo..nem se escondem..rsrs

bjs na Carol

Bonequinha de Luxo disse...

Olá,Mari

Estou de volta!

Imagina..a gente se sentar bem cansada no sofé e ele começar a se mexer e de repente.....nossa.parece cena de terror..rs

beijão

Francisco Castelo Branco disse...

Ola! Vi o seu blogue e gostei bastante. Tem muito conteudo e bastante interesse......
Tenho um blogue . É www.olhardireito.blogspot.com ..... Gostava que o visitasse e desse uma opinião....

Obrigado pela atençao

Cumprimentos

Ricardo Rayol disse...

meio hitchcock, bizarro.

ERIKA disse...

hauhauhauhauhau

Ainda bem que só me sento na minha cama...o que não me salva do risco..imagine ele se escondendo embaixo dela???Peloamordedeus!!!

BRUNO LEONARDO disse...

Oi,linda

Tô na área!Avise as amigas..rsrs

Ainda bem que aqui no Rio eles não se escondem...se apresentam logo:"Perdeu"!
Acho que o susto é menor...rs

Bjs

BRUNO LEONARDO disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Patty disse...

Coisadelôco, né?

Vou até conferir meu sofá...hahahaha

Beijos, querida e uma ótima semana!

Maldito disse...

Me coloquei no lugar da mulher por alguns segundos e,...bem,..acho que eu acharia que o sofá estava possuido e levaria para um exorcista,.,..

Débora disse...

Oi,Mari

Nossa...que criatividade desse ladrão...mas,pior se fosse dentro da geladeira,imagine?Vc abre a geladeira e ele pula em cima ...rs

Olha,vai no meu Bloig que tem uma homenagem lá pros amigos...Não é meme nem selo..podexá!
bjs

Vanna disse...

Esse tipo d doido por aqui deve ter pouco ou pelo menos nunca ouvi falar. Aqui a oferta é tão grande q só mesmo sendo muito doido p/ ficar perseguindo só uma. rsrsrsrs

J.F. disse...

O Eddie Wood, meu cão da raça beagle, costumava sumir. Um dia, eu o vi sair, com cara de ter acabado de tirar uma soneca, de tras de um sofá. Fui conferir e não deu outra. Ele havia feito um furo e construira lá a sua toca. Estrago feito, a Nina e eu deixamos que ele mantivesse seu esconderijo. Por ocasião da mudança, achamos, dentro do sofá, além de brinquedos dele, uma porção de objetos "desaparecidos". Como vê, além de "ladrão-gente", "cachorro-ladrão" também se esconde dentro de sofá. Abração.