terça-feira, 1 de julho de 2008

Caminhe...seja com quem for!

Uma artista plástica que mora na região central de Belo Horizonte tem uma forma pouco comum de se distrair e manter a forma física:Todos os dias, no final da tarde, Iara Brant sai para caminhar com os quatro gansos que ela cria no quintal juntamente com dois galos e um pato.
E o passeio acontece por ruas e avenidas movimentadas da capital mineira, entre dezenas de carros e pessoas. Iara conta que os bichos são bastante obedientes. "Basta eu dar sinalizar que eles me obedecem. Atravessam na faixa, não correm", afirma.
Um dos momentos mais divertidos da caminhada é quando Iara abre os braços e os gansos as asas. A cena causa espanto e curiosidades a todos que cruzam com o cortejo. "Já vi gente passear com cachorro, agora passear com gansos é a primeira vez", comentam algumas pessoas.
A artista plástica conta que também é animadora de festas infantis. E que de vez em quando leva os gansos e patos para alegrar a garotada. "É muito bom ver o cainho que todas as crianças também têm com eles (os animais). É uma das coisas mais gratificantes eu entender que este ato causa um bem ás pessoas."
Que legal,nénão?Que minha tia Raquel não leia esta notícia,senão ela vai querer levar suas galinhas para passear!

14 comentários:

Evandro Varella disse...

Eu nunca vi a Dona Iara por aqui não... mas como Belzonte é uma roça grande não é de se estranhar... BH tem muitas coisas legais e essa coisa de ver bichos na cidade é bastante comum, já vi cavalo, burro e cabrito, todos em grandes avenidas aqui da "capitar"!

Abraços
Vavá

ERIKA disse...

Oi,Mari

Deve ter sido muito engraçado...imagino!Eu tenho um cãozinho e detesto levá-lo para passear....fico pensando como seri eu,com uma varinha tocando uma porção e gansos...rsrsrs

bjs

Sonho Meu disse...

Se ela morasse aqui, teria muitos gansos pra lhe fazer companhia.
Eles vivem ao redor dos lagos e gramados a beira das estradas e high way da vida. O que é mais engraçado é quando eles atravessam as pistas em fila indiana e todos os motoristas param. Já ví muito viados atropelados mas gansos, nunca vi. No dia que levar minha maquina fotografica vou tirar fotos.

Vênus disse...

Oi,mari

Saudades de vir aqui...seu Blog tá lindo! E seus posts muito interessantes!
Adoro gansos!!Juro!!Quando eu era criança,lá em POA,havia muitos...Alguns são mais ferozes que cachorros..rs
Aqui no Rio nunca vi essas aves!

Fica com Deus e apareça!


bjs

Lucia Cintra Stevenson disse...

Achei o maximo essa historia! Vou ate mostrar pro marido, pois vivo falando que quando comprarmos uma casa, um dos animais que quero ter e' ganso canadense que tem muito por aqui! E ele fica pra morrer, pois sabe que eu os teria mesmo. Agora e' mais uma desculpa... posso provar que da pra treina-los direitinho! rsrs

Patty disse...

Deve ser engraçado.
Uma vez vi um notícia de uma mulher caminhando com um porco (era o marido dela não, menina! hahahahaha).

Mas, é isso aí, devemos caminhar sempre. Eu caminho todo dia, só não tenho animalzinho pra andar comigo.

Beijossss

Paula Basques disse...

Oi Mari! Saudades também! Estou viajando desde sexta passada a trabalho e com pouco tempo para a internet!

Nossa, nunca vi essa senhora em BH, mas achei interessante a notícia.

Beijos e até domingo!

BRUNO LEONARDO disse...

hauhauhau
Oi,linda
Lembrar da tia Raquel foi o máximo..ela ainda tem galinhas???srsr

bjs(saudades da minha afilhadinha)

Srta Diazepan disse...

eu acho que já vi alguma reportagem dela com seus amiguinhos... acho pitoresco e incomum além dela ser parecida com a mamãe ganso né? :o)

beijoca

Vanna disse...

Eu já ouvi essa história, bem doida!! rsrs
Bjs, lindo fim d semana.

Bonequinha de Luxo disse...

Oi,Mari

Puxa..estava pensando em comprar um cachorro,mas como gosto de "ser diferente",talvez compre uns gansos...pode criar em apts?rs

Muito interessante!!

beijos

Aninha disse...

RJ 16h12
Dia morno


Essas criaturinhas são inteligentes e podem ser domadas.Em alguns lugares são utilizidas como "cães de guarda" rs
estive vendo os seus banners de Campanhas..,do lado esquerdo do seu Blog.Gostei muito!

Sucesso sempre

J.F. disse...

Oi, amiga. Sumido retornando! No passado, aqui no sítio, meus pais tinham gansos. Ôôôôôô, bicho bravo!!! Hoje, já não tem mais nenhum, mas tem muitas outras aves, todas soltas. Dia desses, havia faltado um empregado e me coube ir alimentar os patos. À medida em que eu me aproximava, o bando todo me rodeu e, todos juntos, fomos até o local onde é guardado o milho, na beira do lago. Comecei a jogar milho para tudo quanto era lado, pois os patos não deixavam os marrecos, bem menores, se aproximarem para comer. De repente, chegaram, também, as galinhas-de-angola. E eu, lá, só esparramando milho! Por último, apareceu o bando de saracuras barulhentas. Apesar de selvagens, também vão lá "filar" seu milhozinho. Sabe como eu sai de lá? Com o coração leve, leve! Tão leve que, acho, se eu batesse os braços poderia até voar.
Mudando de assunto... Gisele? Que Gisele?
Quanto ao ladrão dentro do sofá, não são só eles que realizam esse tipo de proeza. Deixei uma mensagem lá no post. Abração.

Rui Carlo disse...

Hummmm, o problemas dos gansideos é amerdarada que deixam... tem um ditado aqui que diz: "pato e parente só cagam a gente"
oi ,Mari, to vortano