quinta-feira, 23 de abril de 2009

Estica e Puxa

Gente,que saudades!!!Deixei isso aqui jogado,empoeirado e completamente abandonado.

Mas,quem ama sempre acaba voltando.Pensei no que escrever.Desliguei a TV no momento em que Vera Fischer apareceu !Pronto,acendeu a luzinha!




Eu acho cirurgia plástica super legal. Sou totalmente a favor. Se incomoda, tem mais é que mudar, mesmo. Principalmente depois que a gente envelhece. Vaidade é muito bom quando entramos na terceira idade. Mas calma lá, eu disse "vaidade". Aberração é uma cois bem diferente.Uma coisa é envelhecer com dignidade. Ninguém precisa sair por aí batendo no peito e se orgulhando do visual de maracujá de gaveta. Uma mexidinha aqui, uma levantadinha acolá, um tratamentozinho. Tudo é válido. Mas também não vamos exagerar, né?Por isso eu não consegui entender até agora que raios a Vera Fischer aprontou na cara. Ela confundiu atenuar rugas com passar chapinha de cabelo na fuça. A pele dela está mais esticada do que corda de violino. Não seria tão terrível se o resultado tivesse ficado natural. E não foi o que aconteceu. Parece que passaram reboco em todo o rosto dela. Os olhos estão esbugalhados e ela está com um sorriso estranho. Está parecendo um boneco de cera de filmes de terror C, daqueles que ganham vida e saem assassinando todo mundo. Dá a impressão de que se ela gargalhar ou tomar um susto, a pele rasga. Se bobear, ela deve estar comendo tudo em pedaços minúsculos, porque ela não consegue abrir a boca o suficiente para aguentar uma garfada.Assim sendo, a interpretação dela na novela das oito está praticamente igual à do Cigano Igor

10 comentários:

EXAGERADO disse...

Oi,mana

Nem me fale!!!Estas coroas não se mancam..querem ficar novas a vida inteira e acabam ficando ridículas.

Seja bem-vinda à Blogosfera!

bjus

Marina disse...

Não é que eu seja contra a cirurgia plástica. Certo, eu acho que é válido dar uns retoques quando a coisa tá feia, mas cirurgias são importantes e perigosas demais para serem feitas por causa de vaidade. Quando é uma coisa pequena, que incomoda, como uma orelha, um nariz, uma ruga, ainda dá. Mas aquelas invasivas quando a pessoa nem está derrubada, acho fútil demais pra minha cabeça.

E nem fale de Vera Fisher. Isso deve ser falta de amor próprio.

Bem-vinda de volta!

Ana Carolina disse...

Oi,querida

Que coisa boa ter vc de novo..

Sabe,Mari,jamais digo "dessa água não bebo",mas certas atrizes não tem Sense....
Como já disseram,uma cirurgia pequena,reparadora,tudo bem,mas fazer chapinha na cara....ahhh!!

bjs

Débora disse...

Vera Fischer!!!Aff!!Ainda se soubesse interpretar...

Adorei a sua volta.E Carolzinha como está?

bjs

J.F. disse...

Oi, Mari. Que bom que você voltou!
Não é que eu seja totalmente contra as cirurgias plásticas, mas penso que devem ser muito bem pensadas e bem dosadas. Qualquer cirurgia, por mais simples que possa parecer, sempre tem algum grau de risco. Concordo que uma cirurgia reparadora deve ser feita, principalmente para restabelecer o, vamos dizer assim, "amor próprio". Mas, acho que os exageros causados pela vaidade não estão com nada. Tem gente que não pode falar, sem correr risco de cair o queixo. Tem gente que não consegue fechar os olhos. Sem falar nas pessoas que ficam com aqueles montes de calombos no rosto. Um pouco de vaidade até pode ser. Mas, sem exagero. Sou da época em que a baininha Marta Rocha perdeu o concurso de Miss Universo por causa de duas polegadazinhas a mais e sem ter nenhuminha plástica no corpo. Aí, quando vejo uma Miss Brasil dos últimos anos se vangloriando de ter ganho o concurso depois de fazer 19 (DE-ZE-NO-VE) plásticas, fico imaginando que a Marta Rocha, hoje, não ganharia concurso nem para Miss Xuruca. Ou seja: sem exageros, né?
Abração.

J.F. disse...

Oi, Mari. Que bom que você voltou!
Não é que eu seja totalmente contra as cirurgias plásticas, mas penso que devem ser muito bem pensadas e bem dosadas. Qualquer cirurgia, por mais simples que possa parecer, sempre tem algum grau de risco. Concordo que uma cirurgia reparadora deve ser feita, principalmente para restabelecer o, vamos dizer assim, "amor próprio". Mas, acho que os exageros causados pela vaidade não estão com nada. Tem gente que não pode falar, sem correr risco de cair o queixo. Tem gente que não consegue fechar os olhos. Sem falar nas pessoas que ficam com aqueles montes de calombos no rosto. Um pouco de vaidade até pode ser. Mas, sem exagero. Sou da época em que a baininha Marta Rocha perdeu o concurso de Miss Universo por causa de duas polegadazinhas a mais e sem ter nenhuminha plástica no corpo. Aí, quando vejo uma Miss Brasil dos últimos anos se vangloriando de ter ganho o concurso depois de fazer 19 (DE-ZE-NO-VE) plásticas, fico imaginando que a Marta Rocha, hoje, não ganharia concurso nem para Miss Xuruca. Ou seja: sem exageros, né?
Abração.

Lucia Cintra disse...

Oi menina, saudades! Adorei sua visita la no meu cantinho!

Olha, eu concordo. Nao sei se faria certas plasticas loucas como mulheres obcecadas com isso, mas do jeito que sou vaidosa, nao posso dizer que nunca faria algo. Talvez algo que melhorasse minha aparencia e me fizesse aparentar um pouco mais "descansada", rs e NATURAL, nao descartaria a ideia. Mas... isso quando for MUITO mais velha, talvez daqui a decadas e decadas.

Mas tudo em moderacao. Hoje em dia certas pessoas que nem precisam ja vao cismando que tem que fazer algo e acabam com resultados horriveis (mesmo elas achando que se acham o maximo). Checa so essa louca que ja fez umas 500: http://www.thejennylee.com/Photos.htm

bjos

pensador made in vaso disse...

Óia, cirurgia plástica para fins estéticos não é muito pertencente a minha praia. Sou contra tudo que diz respeito à massificação e ao culto da beleza e da futilidade. Claro, que não vou sair por ai incendiando clínicas estéticas hauahauha respeito quem faz esse tipo de intervenção, aceito, mas não concordo. fazer o q? hauahuaha cada um tem sua opinião, seu gosto.
abraços libertários,
do vaso mais limpo do brasil.

Vênus disse...

Oi,Mari querida

Que bom estar de volta neste doce cantinho.
Eu não sou contra nada que faça a pessoa aumnetar a auto-estima,tão responsável pela felicidade.
Agora,sem exageros,né?O tiro pode sair pela culatra.
Ainda acho que a Vera não está das piores,como a Elza Soares,a Hebe Camargo.....Ela está mais para Ana Maria Braga e é preciso mesmo parar por aí..rs

bjus

Evandro Varella disse...

Que bom te ver por aqui de novo!
O que eu acho mais "engraçado" na moça é que ela ainda continua habitanto o imaginário masculino com mais de 50! Palmas prá ela.
Beijos